segunda-feira, 15 de março de 2010

Pé-de-galo, Pé-de-galinha...

Esse não é um post com dicas antiidade, tampouco contra o envelhecimento precoce... O pé-de-galinha ao qual me refiro é, na verdade, mais conhecido como "pied-de-poule", parente próximo do pé-de-galo ou "píed-de-coq".

Inverno vai, inverno vem e lá estão elas. As estampas são clássicas e aparecem sempre nesta estação, adornando as mais variadas peças, desde acessórios, a exemplo de cintos e sapatos, a peças-chave, como leggings e blazers.
São estampas muito parecidas - e por que não dizer "iguais"? A diferença fica apenas por conta do tamanho da padronagem: o pied-de-poule (galinha) é uma estampa menorzinha, diferentemente do pied-de-coq (galo), que é uma estampa de maior destaque.

Quem já abraçou a padronagem com fervor (blazer + camisa) foi ninguém mais ninguém menos que a Queen Bey:


O interessante é apagar da memória o batom vermelho da velha surda do "A praça é nossa" e perceber o quanto é difícil, na prática, diferenciar as duas padronagens. Além disso, por achar que são estampas muito marcantes, eu optaria por um acessório ou uma peça mais discreta. E vocês?

2 comentários:

Mila disse...

Achei!
Lembra quando eu te perguntei o q é dogstooth?
Era isso aí! Comprei um vestido, q tem um detalhe dele. liiindooooooo
Te mostro depois.

Milca Pimenta disse...

Viu? Vc é uma visionária da moda! Quero ver esse vestido, tá? bjo