domingo, 26 de fevereiro de 2012

Eu vi "The Iron Lady"

A verdade é que só em rever esse trailer eu fico arrepiada!
Acho que este foi um dos melhores filmes que vi em minha vida!
A sensação de poder, de esperança com que sai do cinema mudou meu dia!
Quem sabe, mudou a mim mesma, meus planos!
É, meus caros, é o poder de uma boa história, de um filme bem feito, bem escrito e muito bem interpretado!

Fico triste de não ter sido indicado ao OSCAR de melhor filme, mas apenas melhor atriz pela atuação de Maryl Streep, que a meu ver, merece sim ganhar a estatueta!


Este é o trailer n. 2, o que mais gostei!
Está sem legenda, mas dá pra perceber sua força pelas expressões faciais da brilhante Maryl Streep e da jovem Alexandra Roach ! Ambas deram show!!!

Eu poderia fica horas elogiando a maquiagem do filme, as paisagens londrinas, o figurino (impecável, certamente), o conteúdo histórico, mas quero falar sobre como me senti ao ver o filme!!! Espero que inspire vocês a irem ao cinema ainda hoje!!! risos

A sinopse resumida do filme lhe classifica com apenas 3 estrelas e diz:

"Na trama de “A Dama de Ferro", em 2008, a ex-primeira ministra britânica luta com a falta de ação da sua aposentadoria , com a sua saúde que se deteriora a cada dia e, principalmente, com a memória dos seus feitos passados. Provocada pelo seu marido Denis Thatcher, Margaret começa a relembrar nos mínimos detalhes a sua vida pessoal e a sua ascensão ao poder na Inglaterra dos anos 80, o que a leva a uma dúvida no fim da sua vida: as lutas, os triunfos, as traições - será que isso valeu a pena? Quando tudo chegar ao fim, o que terá Margaret Thatcher conquistado no percurso da sua vida?"

Bom, minha resposta é SIM, Margaret conquistou o que sempre quis no percurso de sua vida! Mesmo que ao fim tenha "acabado lavando a louça". O que ela sempre quis, e fez muito bem, independentemente das grandes polêmicas políticas ou de ter sido boa esposa/mãe, foi fazer a diferença no mundo em que vivia, ser alguém de ações e não de meras palavras!

Por isso o filme me inspirou, acho que a frase dela ao dizer que temos que sentir menos, pensar mais, converter nossos pensamentos em ações, pois as ações viram hábitos, fazem nosso caráter e mudam nosso destino foi perfeitamente colocada para a geração de jovens hoje em dia. Perdoem-me dizer, um tanto "melodramática" diante dos grandes problemas de suas vidas, falo especialmente por mim e por algumas amigas minhas!

A passividade em que vejo a maioria dos jovens inseridos não condiz com os ideais da jovem Margaret, que a fez ser ícone na história e ter mudado o destino da Inglaterra!!! Quando crescer, quero ser igual a ela! risos! Este filme mexeu muito comigo, me fez querer melhor, agir mais, mudar as coisas, ser mais forte!!!

Enfim, assintam e opinem!!! Para ver a crítica completa, cliquem aqui.

Bjos.

Adriana Carneiro.

10 comentários:

Fernanda disse...

Realmente, uma história incrível, lição de vida! Inclusive no sentido de que, para alcançar objetivos altos como o que ela tinha, é precisa renunciar a muita coisa e lidar com a culpa por isso depois, nada é fácil, nada foi fácil para ela, principalmente com relação aos filhos...Eu senti muito no filme o retrato dessa culpa que ela carregava, pela atenção que ela não deu à família. Mas concordo com você, a lição maior do filme é que devemos agir mais, transformar nossos pensamentos em atitudes, tentar fazer algo de importante, ir à luta, e não passar a vida tentando ser igual a alguém ou lamentando não ter a vida que alguém tem. Como o pai dela disse no início do filme "siga o seu caminho, não siga a multidão". E assim ela fez!

Rosana Silva disse...

Olá Dri querida, não assisti esse filme AINDA, mas pelo post já me interessei bastante pelo filme viu, além do que Meryl Streep arrasa em todas as produçoes por ser tão versátil e encarnar tão bem as diversas personagens néh?
Sem contar que imagino que com essas belas paisagens, o filme deve ser lindo demais, figurinos de época, maquiagens retrô, nossa, deve ser sensacional !
Vou fazer de tudo pra assistir, e depois venho aqui dar minha humilde opinião.
Agora resta assistir hoje à mais uma entrega do Oscar, babar pelas produções das lindas artistas, e torcer para que a premiação seja justa néh?
Beijocas

www.rosanaquality.com.br

Tayane Costa disse...

Quero muito assistir esse filme.

beijos

http://www.sparklyd.com/

Adriana Carneiro disse...

Pois é, vamos todas ver o Oscar hoje! E torcer por Meryl Streep!

Anônimo disse...

Não sou fã da Margaret Thacher, mas quero ver este filme também!
Sumaia Árabe Pereira

Uine Santos disse...

Nunca vi esse filme, mas pelo trailer parece ser maravilhoso. Vou colocar na minha listinha de filmes!
Beijos

Grazy.C disse...

Confesso que não é um filme que eu geralmente vejo no cinema, vejo mais em casa filmes assim. Mas a dica foi boa, e quem sabe eu veja um dia!
O trailer é muito bom, parece ser um filme de conquistas! :)

Beijos
macaaverdee.blogspot.com

Grazy.C disse...

Lembrando: Tem selinho pra você lá no Blog!

Bjooo
macaaverdee.blogspot.com

luiza valente disse...

Achei o filme ótimo e Meryl Streep com certeza merece ganhar!!!!

Anônimo disse...

Assisti ao filme... Quanto a história: apesar de se importante ter ideais na vida, não se pode cometer o erro da inflexibilidade. MT o cometeu, e, como tantos outros líderes políticos, se valeu da Guerra como válvula de escape para reerguer a economia, ao desviar as atenções e ganhar tempo político. Entrou na história, realizou grandes feitos, mas não foi esse ícone todo. Quanto ao filme: não vi nada demais (exceto as excelentes atuações). Não se pode deixar levar pela história... achei o filme muito aquém do que esperava, mas, é só uma opinião. Anomo !