domingo, 21 de novembro de 2010

Manifesto contra a usura


Eu sei que usura é uma palavra muito forte pra encaixar num post, mas, já já, vocês vão entender o porquê...

Ontem, estava passeando num Shopping, quando, ao olhar a vitrine de uma loja, um item em especial chamou a minha atenção:




Não vou divulgar o nome da loja, mesmo porque existe uma enorme possibilidade de algumas de vocês toparem com esse vestido sem que eu precise dar nome aos bois. Além disso, este não é o foco do post.

Quem prestou atenção na foto, viu que o vestido está sendo vendido a R$ 99,00. O que vocês acham? Caro? Barato? Vale a pena???

Olhem, o vestido (que mais parece uma combinação de camiseta navy e saia jeans com cintura alta) é realmente bonito. Veste bem e (daqui a pouco vocês vão enjoar de ler isso) é a cara do verão 2011.

Como eu sei disso tudo???

Eu tenho o tal vestido.



Comprei há alguns meses, quando fui passar um final de semana em São Paulo. Isso já diz algo???

Comprei no Bom Retiro. Na José Paulino. Isso diz tudo!!!!

O vestido custou R$ 50,00. Sim, vocês leram direitinho. Cinquenta reais.

Agora, me respondam: o que leva uma loja a vender uma peça pelo dobro do preço???
Vocês podem falar sobre os impostos, sobre a segurança de se comprar algo em um Shopping, mas acho que nada disso justifica pagar por uma peça um valor equivalente a duas!!!


Vão dizer que, se soubessem, vocês comprariam a peça???



Um comentário:

Mila disse...

Não, não.
Não acho certo esse absurdo que resolveram deixar as roupas em Salvador. Acha que estamos em Nova York. Se acha lugares com roupas bem mais baratas e melhores. Uma falta de vergonha. Não compro tb, Milcolina!